Dieta Cetogênica: o que é, Cardárpio e Alimentos

Dieta Cetogênica: o que é, Cardárpio e Alimentos


Dieta Cetogênica: entenda o que é, quais os alimentos que podem e os que não podem, veja porque é considerada uma dieta que ajuda a emagrecer rápido.

Muito se fala da dieta cetogênica, mas as informações divulgadas não dão a verdadeira dimensão do que ela significa. Podem até imaginar que ela se refere a alguma daquelas dietas da moda que só funcionam a curto prazo. No entanto, a abordagem para esta dieta é diferente.

A dieta cetogênica é séria, e precisa ser bem compreendida por quem deseja perder peso. Por isso, fizemos este texto explicando o que exatamente ela significa, para que serve, quais são seus benefícios e muitas outras informações que você precisa saber. Então, leia tudo até o final e descubra!

O que é a dieta cetogênica?

A dieta cetogênica é rica em consumo de lipídios, possuindo um teor muito baixo de carboidratos e taxas moderadas de proteína. Nesse tipo de dieta, cerca de 80% da energia obtida pelo organismo será fornecida pelos lipídios.

Através da dieta cetogênica, o tecido adiposo (a gordura proveniente da alimentação e das reservas do corpo) é quebrado no fígado, o que produz ácidos graxos e elementos cetônicos para que sejam utilizados no fornecimento de energia – o nome desse processo é cetose.

A cetose acontece justamente por não haver mais reservas de glicogênio muscular e hepático para fornecer energia ao corpo (devido às baixas taxas de carboidratos na dieta ou em uma situação anormal de jejum).

Então, para que serve a dieta cetogênica?

A dieta cetogênica é mais usada para impulsionar a perda de peso, já que ela é baseada na baixa ingestão de carboidratos e eles são justamente os elementos que estimulam o ganho de gordura corporal, pois, quando estão em excesso, ficam armazenados como reservas de gordura, também chamadas de tecido adiposo.

Existem ainda outras funções importantes na dieta cetogênica que vêm sendo cada vez mais comprovadas por estudos científicos. Falaremos sobre elas no próximo tópico, então fique ligado e continue lendo!

Quais são os benefícios da dieta cetogênica?

Conheça a seguir os principais benefícios da dieta cetogênica para o corpo humano e entenda:

1- Perda de gordura corporal
Como já deve ter ficado claro, a dieta ajuda quem deseja perder a gordura indesejada. Isso é possível graças ao baixo consumo de carboidratos e à utilização das reservas de gordura como fonte de energia.

Já que o corpo não possui carboidratos o suficiente para recorrer em busca de manter suas atividades, ele entra em estado de cetose a fim de produzir os corpos cetônicos e os ácidos graxos para lhe fornecerem energia e assim possam funcionar normalmente.

Dessa forma, as reservas de gordura vão embora, o que faz com que você perca peso e consiga manter a sua massa muscular.perda-de-gordura-dieta-cetogenica

Se você está preocupado em ter hipoglicemia (falta de glicose derivada dos carboidratos) devido ao baixo consumo de carboidratos, saiba que os estudiosos da dieta cetogênica afirmam que é possível se manter saudável e evitar isso ao comer legumes e verduras, além de usar suplementos alimentares.

2- Controle do apetite e maior sensação de saciedade
A dieta cetogênica possibilita um melhor controle de apetite, pois permite p consumo de uma grande quantidade de lipídios e de um alto número de proteínas. Esses elementos fazem com que o corpo fique saciado, evitando um apetite maior e reduzindo o consumo de alimentos prejudiciais.

Dessa maneira, a pessoa acaba perdendo peso graças à ingestão mais controlada e correta de alimentos.

3- Melhora o quadro de algumas doenças
A dieta cetogênica vem sendo estudada para ajudar no tratamento de doenças como a diabetes e a epilepsia.

Com relação a diabetes, no tipo 1, a dieta pode auxiliar na prevenção aos picos de hipoglicemia (quando o açúcar está baixo no sangue). No caso do tipo 2, ela ajuda a diminuir a resistência à insulina.

Quanto à epilepsia (doença neurológica que pode gerar convulsões diversas), a dieta cetogênica pode colaborar para o controle dos ataques epilépticos porque age diretamente no estresse oxidativo que os ocasiona.

Além disso, também são estudados os benefícios com relação às ações antioxidantes e à saúde das células os quais podem ser impulsionados graças à dieta cetogênica.

Em um estudo publicado na Sociedade Brasileira de Nutrição Oncológica, demonstram possível eficácia em resultados pré-clinicos, no uso da dieta cetogênica combinados com rádio e quimioterapia.

4- Preserva a massa muscular
Já que a dieta usa os lipídios para fornecer energia ao corpo, o tecido muscular fica intacto e não precisa ser utilizado para substituir a ausência de carboidratos. Dessa forma, a massa muscular fica mais saudável e pode continuar a se desenvolver bem.

Como fazer a dieta cetogênica?

Por ser uma dieta bem severa (afinal, os carboidratos são elementos importantes na alimentação humana) é preciso ter cuidado na hora de iniciar a dieta cetogênica.

Para começo de conversa, é necessário saber que a ingestão calórica precisa ser menor do que o gasto. Afinal, se não for assim, a gordura armazenada nas reservas não será utilizada como fonte de energia e o seu peso será o mesmo.

A dieta cetogênica tem que ser iniciada e mantida por cinco dias corridos. Depois disso, a ingestão de alimentos com carboidratos é permitida por dois dias. Após esse pequeno período, volte a evitar os carboidratos de forma mais rígida.

Esta dieta não é recomendada para ser realizada a longo prazo, pois o ser humano precisa de carboidratos em níveis suficientes para sobreviver. Além disso, ela precisa ser introduzida aos poucos para que o organismo se adapte.

Quem pretende utilizá-la para o tratamento de algumas doenças deve consultar um médico antes de iniciar. Somente ele saberá lhe orientar sobre a viabilidade de aderir à dieta, considerando suas necessidades e objetivos.

Quais são os alimentos indicados na dieta cetogênica?

Existem alguns alimentos que são proibidos e outros que são bem tolerados durante a dieta. Descubra quais são a seguir:

Alimentos proibidos: massas, leite, arroz, aveia, banana, cenoura, biscoitos recheados, doces, açúcares, bebidas alcoólicas, tubérculos, fast food, mel, alimentos industrializados, etc.

Alimentos permitidos: peixes, carne vermelha, azeite extravirgem, queijos, verduras folhosas, oleaginosas, iogurte sem açúcar, sementes, manteiga, aves, chá, embutidos, carne suína, frutas com baixo teor de açúcar (melancia, amora, framboesa, pêssego, abacate, morango), etc.

Viu como a dieta cetogênica pode ser benéfica ao seu organismo? Não deixe de consultar um nutricionista antes de começá-la, e procure sempre os melhores suplementos para complementá-la de forma saudável.


  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *