Fosfatidilserina suplemento para a saúde do seu Cérebro

Fosfatidilserina suplemento para a saúde do seu Cérebro


O cérebro é um órgão extremamente misterioso. Os neurologistas não cansam de realizar pesquisas e estudos sobre ele. Ainda há muito o que descobrir: até agora eles conseguiram compreender alguns aspectos básicos e claro as vitaminas são muito importantes e por isso vamos falar da fosfatidilserina suplemento.

Para esses especialistas, o cérebro funciona como um sistema integrado, ou seja, suas partes todas têm funções que se interligam e se complementam. A área da Broca de Wernicke fica agitada com relação à linguagem, já a amígdala é mais ativada quando o assunto são as emoções.

Outro conhecimento interessante que os cientistas descobriram é que o cérebro é capaz de produzir neurônios durante a vida inteira ao mesmo tempo que vai alterando suas ligações. Isso quer dizer que as partes utilizadas para tarefas específicas se modificam com o tempo e com nosso modo de vida.

Confira a seguir algumas partes mais estudadas e importantes do cérebro:

● Neurônios: grande parte das pesquisas realizadas sobre o cérebro são focadas nos nossos bilhões de neurônios. Não se sabe muito sobre suas interações ainda, mas é possível dizer que existem diversos tipos que formam uma “rede de atividades elétricas”;
● Neurotransmissores: são as principais formas de comunicação do cérebro com o corpo, que possuem uma grande quantidade de interações (que ainda são estudadas);
● Ligações: são as interligações entre os neurônios que compõem a base de praticamente todos os processos mentais;
● Sinapses: são os espaços preenchidos por fluidos que separam as membranas das células emissoras e receptoras de neurônios e ajudam na sua transmissão e ligação.

O que acontece com o cérebro durante o envelhecimento?

Ao chegarmos a uma idade avançada, o nosso cérebro deixa de realizar as funções da maneira que deveria. Por exemplo, a sua massa cerebral diminui e os seus neurônios são reduzidos.

Existem algumas anormalidades que também estão mais suscetíveis a aparecerem e que podem levar à demência, como emaranhados neurofibrilares e um acúmulo de placas extracelulares nas paredes vasculares.

Além disso, se a pessoa tiver hipertensão, os riscos de adquirir pequenos derrames cerebrais podem ser ainda maiores.

Como proteger o cérebro?

Existem alguns nutrientes essenciais para a saúde do cérebro que não podem faltar na sua dieta alimentar diária. Veja alguns exemplos:

● Magnésio: ajuda nos processos metabólicos e regula a produção de neurotransmissores. Pode ser encontrado na soja, cacau, gergelim, etc.;
● Fósforo: proporciona resistência às membranas celulares e aos neurônios. Pode ser consumido através de ovos, mariscos, queijos curados, etc.;
● Vitamina B6: melhora a síntese de neurotransmissores. Pode ser consumida a partir de mariscos, banana, nozes, pistache, etc.;
● Zinco: fundamental para a estabilidade cognitiva e para as memórias. Pode ser obtido pelo amendoim, ostras, carne de porco, etc.

Além desses, existe um outro nutriente essencial para a saúde cerebral, que vem sendo muito utilizado através de suplementos: a Phosphatidilserina, também chamada de Fosfatidilserina ou Neuro ps.

Aprenda mais sobre ela a seguir e entenda toda a sua importância.

O que é a fosfatidilserina?

Ela é uma substância que faz parte da composição de membranas celulares e é essencial na formação de neurônios. As membranas são compostas também de diversos outros elementos, como proteínas, carboidratos, receptores e transportadores.

A fosfatidilserina pode ser encontrada na camada da parte de dentro dessa membrana e está em maior concentração exatamente no tecido presente no cérebro. No entanto, quanto mais avançada a idade menos essa substância se faz presente.

Para que serve?

Além de auxiliar na função da membrana de proteger as célula, a fosfatidilserina também atua transmitindo os impulsos nervosos (sinapses), que é como as células nervosas se comunicam.

A fosfatidilserina suplemento permite uma boa saúde cerebral e uma correta função cognitiva. Além disso, ela é usada para tratar de diversos problemas neurodegenerativos, como o Mal de Alzheimer, a demência e até o TDAH (transtorno de déficit de atenção e hiperatividade).

Outra função curiosa é prevenir o estresse gerado por atividade físicas intensas, o que melhora o desempenho físico durante o treino e ainda eleva o nível de concentração e raciocínio.

Quais são os benefícios da fosfatidilserina suplemento?

Dê uma olhada melhor nas principais vantagens que a fosfatidilserina proporciona à nossa saúde:

1 – Reduz o risco de doenças cerebrais causadas pela idade
Nós já mencionamos alguns dos problemas que podem ser causados pela idade avançada no cérebro e ainda existem muitas outros, sendo os mais temidos e comuns o mal de Alzheimer e mal de Parkinson.

O consumo de suplementos de fosfatidilserina se mostrou útil na luta contra essas doenças e na melhoria da saúde cerebral. Com eles, as membranas protetoras se mantém íntegras e funcionais.

Além disso, a degeneração natural que ocorre no órgão devido à idade é reduzida, assim como outros sintomas e riscos do aparecimento de outros problemas sérios, como a demência.

2 – Proporciona uma melhor memória e concentração
Como a fosfatidilserina ajuda a melhorar a qualidade das transmissões de impulsos nervosos entre os neurônios, ela automaticamente estimula a competência cognitiva.

Isso faz com que os pensamentos sejam mais claros, a capacidade de aprendizado aumente, a confusão mental diminua e os níveis de memória, concentração e atenção se elevem consideravelmente.

3 – Reduz o estresse
Foi demonstrado que o consumo de 200 mg de fosfatidilserina por mais de um mês pode reduzir os níveis de estresse, o que proporciona uma melhor qualidade de vida e evita sintomas desagradáveis, como nervosismo e insônia.

Estudos sobre a fosfatidilserina

Um estudo com pessoas portadoras do mal de Alzheimer mostrou que a ingestão do suplemento de fosfatidilserina durante 12 semanas aliviou os sintomas da doença. A mesma coisa ocorreu com quem sofre de demência e consumiu a substância por 3 semanas.

A suplementação de fosfatidilserina também foi provada como útil em outros estudos, nos quais observou-se que ela pode elevar em 20% a velocidade do cérebro de processar informações, assim como aumentar em 13% o nível de respostas corretas (aos testes aplicados) e reduzir em 39% o de respostas erradas.

Como tomar a fosfatidilserina suplemento?

A dosagem pode depender dos objetivos e necessidades de cada indivíduo, por isso é sempre recomendado que você visite um profissional antes de iniciar o consumo.

No entanto, normalmente o indicado é que a pessoa tome 300 mg ao dia, dividindo o consumo em três cápsulas de 100 mg e em momentos diferentes.

Quais são os efeitos colaterais e as contraindicações?

Apesar de haver algumas evidências de que o consumo de fosfatidilserina é seguro até 600 mg, o ideal é não ultrapassar 300 mg (a não ser que seu médico ou nutricionista oriente de outra forma), pois a superdosagem leva a efeitos colaterais desagradáveis, como:

● Insônia;
● Mal-estar;
● Irritação estomacal;

Também é importante não consumir o suplemento caso você faça uso de anticoagulantes, como a heparina. Medicamentos para doenças crônicas e anticolinérgicos também podem sofrer interação com os suplementos.

O que achou da fosfatidilserina suplemento? Conhece alguém que sofre com os problemas cerebrais mencionados? Não negligencie a saúde de seu cérebro, se cuide bem!


  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *