Pirâmide alimentar, entenda como ela funciona.

Pirâmide alimentar, entenda como ela funciona.

Compartilhe

Pirâmide alimentar, você provavelmente já ou viu falar, mas, talvez ainda não saiba como ela é importante e pode te ajudar a ter uma alimentação saudável e uma melhor qualidade de vida, então, entenda o método da pirâmide alimentar e veja a relação dos grupos de alimentos e suas vitaminas.

A pirâmide dos alimentos, ou pirâmide alimentar, é divida em quatro partes, e, cada parte da pirâmide representa um grupo de alimentos e o número de porções diária recomendadas pelos especialistas. Na alimentação diária devemos sempre incluir todos os grupos recomendados para garantir que nosso organismo tenha todos os nutrientes que nosso corpo necessita.

Para que você entenda um pouco mais como funciona a pirâmide alimentar, primeiramente, vamos começar falando dos seus grupos, olhando a pirâmide de baixo para cima. Os alimentos que precisam ser consumidos numa quantidade maior durante o dia ficam na base da pirâmide, e os que precisam ser consumidos em menor quantidade ficam no topo da mesma. Veja a ilustração abaixo:

Na base da pirâmide encontramos os alimentos ricos em carboidratos os cereais, pães, massas e arroz. Por estarem no maior grupo da pirâmide esses alimentos devem ser consumidos em maiores quantidades durante o dia.

O proximo grupo, o segundo de baixo para cima, encontramos as frutas, verduras e legumes que fornecem vitaminas, minerais e fibras para o nosso corpo.

No terceiro grupo da pirâmide, estão os alimentos de fontes de proteínas e minerais como carnes, leguminosas, leite e seus derivados.

No topo da pirâmide estão os alimentos que devem ser consumidos com moderação, pois além de calóricos, podem levar a problemas de saúde, como doces, açúcares, óleos e gorduras.

Pirâmide Alimentar e as Vitaminas

Qual é a relação entre os alimentos e as vitaminas? Como já sabemos ao ingerirmos algum tipo de alimento o que estamos fazendo na verdade é, ingerir energia para nosso, proteínas, minerais e fibras, e tudo mais que é necessário para mantermos o nosso corpo em pleno funcionamento.

Então vamos ver agora às principais vitaminas que ingerimos junto com estes alimentos, e a relação destas vitaminas pirâmide alimentar.

Vitaminas do Complexo B

As vitaminas B, B1 e B12, são as vitaminas mais importante para uma dieta saudável.

As vitaminas do grupo B atuam no metabolismo das células, na falta de uma destas vitaminas do complexo B, o metabolismo celular vai ser interrompido em algum ponto porque as células não funcionam bem sem estas vitaminas. A vitamina B tem o papel principal de fornecer energia às células e tecidos. O sistema neuro-muscular, a pele e as mucosas são estão entre as partes do nosso corpo que são mais afetadas pela carência das vitaminas do complexo B. Os principais alimentos que fornecem vitaminas do complex B para o nosso corpo são as carnes, de vaca, de frango e peixes, ou vísceras especialmente fígado e os rins. Também entram nesta lista os leguminosos como o feijão, a ervilha, a lentilha, a vagem, o amendoim e as folhas escuras.

A vitamina B1 promove o crescimento, a boa digestão, o bom funcionamento do tecido nervoso, o metabolismo dos carboidratos, e, é responsável pela normalização do apetite e do sistema nervoso. A vitamina B1 é responsável por proteger nosso corpo de problemas no sistema nervoso, a falta de apetite, os inchaços, os espasmos musculares, os distúrbios digestivos, a fadiga, a irritabilidade do dia-a-dia e também ajuda evita dormência nos pés e mãos e o fôlego curto.

A vitamina B2 ajuda o nosso copor a obter energia dos carboidratos e das proteínas, facilita a formação dos anticorpos e ajuda na formação das células vermelhas, e ainda atua no metabolismo. A vitamina B2 é muito importante também para crianças que estão em fase de crescimento.

A vitamina B12 equilibra o apetite, ajuda na formação do sangue e na manutenção do sistema nervoso, é boa para ao sistema nervoso, medula óssea, para os intestinos e protege da anêmia. A vitamina B12 é facilmente encontrada nos ovos, no atum e no carne de fígado, alimentos que não são muitos desejáveis para o dia-a-dia, quando você tem uma dieta vegetariana ou vegana, o corpo pode sofre com a carência da vitamina B12.

Vitaminas C

As fontes mais ricas de vitaminas C são os vegetais de folhas verdes e algumas frutas como o melão, a laranja e a acerola. A vitamina C é muito importante para fortalecer as paredes dos vasos sanguíneos, para produzir o material que mantém juntas as células do corpo, para ajudar a curar feridas e solidificar ossos quebrados, fortalece os dentes, é importante para a absorção do ferro dos alimentos ingeridos, para prevenir hemorragias e das resistências contra as gripes e resfriados. Você encontra ricas fontes de vitaminas C no caju, acerola, goiaba, laranja, mamão, tangerina, limão, abacaxi, morango, manga, kiwi, a salsa e o melão que são os mais ricos em vitaminas C. Você, também, encontra vitaminas C no repolho, brócolis, pimentão verde, mostarda e agrião. As frutas devem ser comidas frescas e cruas e os sucos feitos na hora, comer frutas todos os dias é uma boa fonte de vitaminas para o corpo. Quem tem uma alimentação rica em vitamina C fica menos sujeito a sangramentos, anêmias, contusões, cáries, gripes, coriza, infecções, a má digestão, a irritabilidade e para quem tem problemas com perda de peso rápido ou não consegue manter uma dieta equilibrada, a vitamina C também é muito importante.

Vitamina D

A principal função da vitamina D é aumentar a absorção intestinal de fósforo e cálcio e facilitar que eles sejam depositados nos ossos, fortalecendo o esqueleto humano. A vitamina D é dificilmente encontrada na contribuição dos alimentos enriquecidos industrialmente, para preencher as necessidades de vitamina D, os ovos e a manteiga são bons alimentos, a deficiência da vitamina D no corpo humano, principalmente em crianças, pode levar a uma série problemas como, por exemplo, a formação de pernas arqueadas, deformação dos ossos da bacia, isso porque o esqueleto, mal calcificado, não pode sustentar o peso do corpo é o raquitismo.

Vitamina E

A necessidade da vitamina E e dos antixoxidantes são ainda pouco conhecidas. É bastante encontrado vitamina E nas folhas verdes-escuras e legumes. Nozes e óleos de várias tipos sementes também são boas fontes de vitamina E.

Como posso suprir a carência de vitaminas na minha alimentação diária?

No nosso próximo artigo sobre alimentos e sua relação com as vitamina e suplementos, você entenderá como você poderá fazer o uso de vitaminas e suplementos alimentares para supir alguma deficiência da sua alimentação, ou até mesmo, para alguns casos, como substituir a ingestão de algum tipo tipo alimento ou grupo de alimento, de forma saudável e segura, por suplementos alimentares.


Compartilhe
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *